Quinta-feira, 23 de Julho de 2009
O que é Xerostomia

Língua fissuradaA Xerostomia é uma das principais queixas na SS. Caracteriza-se pela manifestação clínica da disfunção das glândulas salivares.

Os sintomas são:

  • Sensação de boca seca
  • Dificuldade para mastigar e engolir
  • Intolerância a certos alimentos (ex: doces, salgados, condimentados)
  • Diminuição ou alteração do paladar
  • Dificuldade para falar
  • Sensação de ardor
  • Mau hálito
  • Cáries dentárias
  • Lábios secos e fissurados
  • Aumento das glândulas parótidas e submaxilares (em alguns casos)

    Se a deficiência de saliva for acentuada, pode haver alterações graves na mucosa e o paciente passa a sentir um enorme desconforto. A mucosa que reveste a cavidade bucal ficará seca e atrofiada, podendo apresentar-se inflamada, pálida e translúcida.

    A língua sofrerá atrofia das papilas, inflamação e fissuras. O portador de SS sofrerá de sensibilidade, ardor e dor na mucosa da língua.

    Na SS a xerostomia é crónica, o que significa que o paciente ficará mais predisposto a cáries dentárias agudas, complicações periodontais, perda subsequente de dentes, dificuldade em manter dentaduras e/ou próteses e infecções por cândida.

    Devido à Xerostomia, a saliva torna-se mais viscosa podendo haver formação de saburra (placa esbranquiçada que se localiza no dorso da língua, causando o mau hálito).

    Não havendo hipótese de recuperação da capacidade perdida pelas glândulas salivares apenas nos pode ser oferecido alívio sintomático, pelo que se recomenda o uso de paliativos, ou seja: Substitutos de saliva.

    Esta situação exige por parte do paciente que necessita aliviar os seus sintomas, uma atitude de aceitação da sua nova situação em que voluntária e conscientemente terá que aplicar na sua boca uma substância que a mantenha húmida, lubrificada, suave e confortável de modo a conseguir suportar alguns momentos sem dor e mal estar.

    Para terminar este artigo, mais uma vez faço referência a que é extremamente necessária uma higiene oral rígida, o uso de pastilhas elásticas sem açúcar e controle na alimentação e para prevenir qualquer dano nas mucosas é imprescindível a aplicação em quantidade suficiente e com bastante frequência dos substitutos de saliva.



  • Publicado por Tucha Santos às 13:26
    Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

    1 comentário:
    De Alcina Maia a 29 de Julho de 2010 às 23:43
    Quero deixar aqui o meu contributo e deixar uma informação para melhorar a qualidade de vida de pacientes com xerostomia.Para aliviar sintomatologia e combater os seus efeitos secundários , Laboratório KIN têm disponíveis, em Farmácias e Parafarmácias, três apresentações: KIN HIDRAT gel(cód.ANF6163907), KIN HIDRAT spr(cód. ANF6100222) e KIN HIDRAT(cód. ANF6822288) pasta dentífrica.Com um aporte superior em flúor, para combater as cáries, provitamina B5 e vitamina E, para fortalecer e proteger as gengivas e 10% xilitol para estimular as glândulas salivares.
    Uma gama pensada para dar qualidade de vida a pacientes com xerostomia.


    Comentar post

    Pesquisar neste blog
     
    ARTIGOS

    Abril 2010

    Agosto 2009

    Julho 2009

    POSTS RECENTES

    A Síndrome de Sjögren na ...

    Manifestações Neurológica...

    Produtos Biotène

    Conselhos aos portadores ...

    Xerodermia xerose ou secu...

    Informação Saliwell

    Quem foi Sjögren

    Que outros órgãos podem s...

    Projecto Saliwell – Esper...

    Manifestações oculares

    Falando ainda sobre Xeros...

    O que é Xerostomia

    Como chegar a um diagnóst...

    Mais acerca da Síndrome d...

    Que tipos de Sjögren exis...

    Alimentação do doente com...

    O que é a Síndrome de Sjö...

    Quando e como suspeitar q...

    POSTS MAIS COMENTADOS

    ÚLT. COMENTÁRIOS

    Oi Tucha! Como está? Sou do Brasil e fui diagnosti...
    Boa tardeFalou numa pasta de dentes e numa escova ...
    Por favor alguem de voces , tem desiquilibrio ,eu ...
    blogs SAPO
    subscrever feeds